fbpx
 em Artigos, Google Ads, Google Shopping, Materiais, Mercado, Merchant Center, Mídia programátcia

Produtos de Feed de dados que estão no Merchant Center poderão agora aparecer em resultados de pesquisas gratuitas do Google Plataformas [Junho 2020]

A partir de Maio deste ano [2020], segundo email recebido da Google, os produtos enviados através de feed dados para o Merchant Center, poderão ser exibidos nos resultados não pagos do Google Plataformas.

Vamos melhorar  esse parágrafo.

É assim. Hoje as informações dos itens de produtos de um feed de dados enviado ao Merchant Center alimenta os anúncios do Shopping no Google Ads e na plataforma do Shopping.

Agora com essa mudança, esse mesmo feed de dados passará a enviar informações atualizadas dos produtos do comerciante ao Google Plataformas.  E isso é muito bom !

Google Plataformas é o conjunto de sites e redes do Google como: Shopping , Pesquisa, Imagens, Maps e Lens que estão nessas guias que aparecem no topo da página do buscador.

Merchant Center é a plataforma do Google que recebe o feed de produtos de um site. Que também pode ser vinculado a uma conta de Google Ads de forma que os produtos desse feed sejam exibidos na página de Pesquisa do Google como anúncios pagos.
Assim sendo, quem faz uso do Merchant Center e possui nele um feed de dados de seus produtos receberá mais exposição e bem mais, já que os mesmos, além de estarem no Google Shopping e na plataforma do Shopping (para quem anuncia), também terão chances valiosas de aparecerem na Rede de Pesquisa e no Google Imagens. Li que na própria plataforma do Shopping também haverá a exibição desses produtos de feed de dados numa parte que será gratuita. E a melhor questão. Os produtos estarão atualizados nessas plataformas, tal qual saem nos anúncios do Google Shopping.

Como era até então

Era assim, os produtos que você via na Rede de Pesquisa gratuita ou na guia Imagens do Google eram produtos indexados de forma orgânica. O robô do Google lê os produtos em um determinado site e faz a indexação. Mas é uma exposição muito limitada, veja porquê:

Quando um site possui a marcação de dados estruturados essa indexação se torna mais eficiente, mas ainda assim, sem uma atualização em tempo real de produtos para o Google

Agora, para aqueles sites que possuem marcação de dados estruturados deficiente ou nem possui, as informações dos produtos de uma loja online por exemplo, ficam completamente defasadas nas suas informações, quando indexadas vá saber lá em qual página.

Razão da mudança

Segundo o artigo oficial de 2019 publicado no Blog Oficial de Webmaster da Google, essa prática visa exatamente entregar cada vez mais informações relevantes e atualizadas aos usuários das superfícies do Google. Pois todos esses ambientes compõem a jornada de pesquisa de uma compra. Raro é o usuário que toma sua decisão apenas com uma busca, num só ambiente online.

O que você, comerciante, ganha com essa nova possibilidade?

Views, views e mais views. Gratuitamente e de alta relevância. Mais clientes em potenciais.

Basicamente são duas frentes: Uma é um aumento da exposição de seus produtos em mais canais do Google e a outra é que os produtos estarão com suas informações atualizadas.  O que antes somente era possível com os anúncios do Shopping no Google Ads, como citado anteriormente.

Cabe ressaltar que a exibição desses produtos será atrelada à pesquisa do usuário, obedecendo aos critérios de relevância de informações contidas no item. Sempre. Então, cada vez mais a análise das informações de produtos precisa estar num ponto ótimo para os ambientes do Google.

Para sua loja integrar ao programa

Primeiro ponto. Isso não depende em nada de anúncios no Google Ads. Não tem que pagar nada. É totalmente gratuito.

Mas o programa tem exigências para o anunciante se tornar elegível.

Primeiro: Ativar a aderência ao programa do Google Plataformas dentro do Merchant Center e;

Segundo: Estar  de acordo com requisitos de dados e qualificação exigidos pelo Google Plataformas.

Clientes da nossa agência não precisarão se preocupar com isso, pois estamos validando todas as contas para estarem elegíveis ao programa.

Mais informações sobre essas exigências você pode encontrar nesse artigo do suporte da Google.

Postado por: Jane Audrei

Deixe um Comentário