[Google Ads] Como o leilão de anúncios funciona na Rede de Pesquisa do Google

 em Artigos, Blog, Google Ads, Otimização [Google Ads]

Definindo o que é leilão de anúncios do Google Ads

Sempre que alguém faz uma pesquisa no Google, o Google Ads escaneia todas as contas de anunciantes para encontrar palavras-chave que se relacionam com essa busca.

Uma vez encontrado os anunciantes para essa busca, o Google Ads promove uma seleção de anúncios que poderão entrar no leilão. Ou seja, que irão aparecer para aquele usuário específico.

Se temos 50 anunciantes com a palavra-chave que corresponde a busca desse usuário e somente 7 posições de anúncios na primeira página de pesquisa do Google, então deduzimos que 7 vencerão esse leilão e outros 43 anunciantes ficarão de fora.

Esse é o leilão do Google Ads.

Como o Google Ads escolhe o anunciante que irá aparecer na busca e como determinará a posição do anúncio.

Assim que determina os anunciantes que podem participar deste leilão (os 50), o Google Ads filtra quais anúncios serão exibidos e em que posição. Essa função se chama classificação de anúncios ou ad rank.

Pense em 4 anunciantes

Anunciante A – lance R$ 4,00 por palavra-chave
Anunciante B – lance R$ 3,00 por palavra-chave
Anunciante C – lance R$ 2,00 por palavra-chave
Anunciante D – lance R$ 1,00 por palavra-chave

Após a busca do usuário, o Google Ads não vai selecionar um anúncio para ser exibido somente com base no maior lance de palavra-chave.

E também não deixará esse anúncio em melhor posição por causa desse lance.

O lance não é o único fator considerado.

Fatores que determinam a classificação do anúncio

De novo, classificação de anúncio é a função do Google Ads para essa escolha de quem participará do leilão e em qual posição.

São 3 fatores que determinam a classificação de anúncios no leilão.

  1. Lances
  2. Qualidade do anúncio
  3. Impacto esperado das extensões de anúncios

1. Lances

É o valor máximo que você deseja pagar por um clique.

2. Qualidade do anúncio

É o chamado índice de qualidade:
Índice de qualidade opera através de 3 componentes:

a) CTR – click through rate.
b) Relevância do anúncio – linguagem do anúncio combinando com a busca do usuário.
c) Página de destino do anúncio.

3. Impacto esperado das extensões de anúncios

Precisa aplicar as extensões e além disso personalizá-las, entender as palavras que melhor se destacam diante dos usuários.

Vamos simular um leilão no Google Ads

IQ = índice de qualidade
Valores em reais
Lance = lance de CPC para as palavras-chave
Extensões = impacto esperado das extensões de anúncios

Pelo que notei, estudando pelo próprio material do Google, é que de fato o sistema estabelece um índice para determinar essa classificação. Ele dá uma nota. Não sei se vai de 0 a 20. Mas o material estudado apontou esses valores.

Portanto, temos aí o índice de classificação que irá definir se o anúncio será exibido ou seja, se entrará para o leilão e se sim, em qual posição ficará.

E assim teremos:

Entendida essa classificação, vamos ao valores de quanto os anunciantes na realidade pagarão pelos lances que é o CPC médio.

Eles pagarão o mínimo necessário para manter sua posição nos resultados da pesquisa. Isso é um conceito do Google Ads. É uma regra.

Por exemplo:

O anunciante C pagará somente o necessário para manter a primeira posição.
Ao invés de R$ 2,00 será R$ 1,73
E o anunciante B, ao invés de pagar R$ 3,00, pagará R$ 2,42 para manter sua posição.

Você pode contribuir para seu anúncio ganhar o leilão

Quando necessário aumente seu lance.
Trabalhe na redação do seu anúncio e página de destino para elevar seu índice de qualidade.
Use as extensões de anúncios com capricho.

Tudo isso irá ajudar a elevar também sua CTR. E CTR alta, baixa CPC.

Clique aqui e baixe o PDF de Apoio.

😉 Jane Audrei

Postagens Recomendadas