Como o Google Shopping pode ajudar seu e-Commerce

 em Artigos, Blog, Formatos, Google Ads, Google Shopping, Varejo, Verticais

Os resultados positivos dentro de qualquer campanha no Google Ads depende muito mais de quem a gerencia do que do próprio Google Ads. Esse é o primeiro ponto.

O Google Ads está ficando cada vez mais automatizado e a gestão das campanhas, por conta disso, fica mais complexa. Pois se torna menos ferramental e mais analítica. E pensar as estratégias é muito mais difícil do que apertar os botões na ferramenta.

O Google Shopping é a principal mídia para e-Commerces. Muito automatizado. Não são todos os lojistas que conseguem entrar no Merchant Center, pois as políticas do Google Ads são cada vez mais exigentes.

Google Shopping e os Resultados para um Commerce

Google Shopping feito por quem entende de marketing e Google Ads dá resultados.

Porque é uma mídia de alto poder de alcance e assertividade que trabalha a busca de novos visitantes para o site e na sequência busca trazer cliques que compram o seu produto.

No entanto e aí que reside o trampo de se fazer uma campanha de Shopping, a ferramenta não enxerga a sua concorrência, seu posicionamento no mercado nem tampouco sua proposta de valor além de também não avaliar a performance de vendas do seu site.

E esses pontos, quando não tratados,  fazem uma campanha de Google Shopping derrapar. Logo, não é a campanha que não funciona e sim, a falta de um posicionamento de marketing que muitas vezes nem existe.

É muito comum nos meus cursos encontrar empresários querendo fazer Google Shopping mas suas plataformas de commerce estão pobres no visual e sem recursos suficientes que facilitam a navegação do usuário levando a compra.

Note. Se o seu concorrente tem um Commerce melhor que o seu, só por isso ele estará em vantagem com relação a você. Mesmo que seu investimento seja superior ao dele, fica insustentável. A campanha não vai longe.

Você vai ter cliques mas o Commerce não vende.

Então, campanha no Google Shopping somente não adianta. O que adianta é a combinação entre: Campanha de Google Shopping + uma ótima plataforma de Commerce + posicionamento de marca + proposta de valor definida para o seu público-alvo + gerenciamento das camapanhas embasado nisso tudo.

Aí sim você tem resultados. Mas é uma construção de dados mês após mês. Não pense que você terá o ROI que tanto sonha em um ano.

O público já está acostumado a comprar de outros Commerces. Você vai aparecer do nada e acha que esse público vai se encantar com sua loja e deixar as lojas antigas. Não, minha cara e meu caro.

Você vai precisar lançar estratégias de marketing para cativar esse público. Através da consistência e permanência dessas ações.

Commerces precisam de ação de social mídia junto com o Google Shopping

É uma soma que ajuda a posicionar sua marca de forma mais consistente. A pessoa te acha no Google e depois te vê no Instagram. Isso exerce uma influência direta na decisão de compra dela.

Quanto investir no Google Shopping

Outra ponto fundamental. O orçamento diário é o motor do Google Shopping.

Por exemplo, se você tem uma campanha otimizada no ótimo e possui um orçamento diário menor que dos concorrentes – certamente sua entrega de anúncios não será melhor que muitos deles.

Quanto colocar dependerá da quantidade de produtos que entrará no feed de dados do Merchant Center.

Feed de Dados do Merchant Center

É um xml que se encontra dentro do seu commerce. TODAS as plataformas de commerce tem a área de feed de dados do Google Shopping.

Esse xml irá em forma de url para o Merchant Center, que é a plataforma de gestão de produtos do varejista.

Merchant Center

É central do Google para anunciantes varejistas. Seu feed de dados ficará depositado aqui.

É o Merchant Center que aprovará ou não seus feed de dados.

Os Resultados

Diante desses pormenores, lhe digo, sim uma campanha de Google Shopping faz uma diferença no seu valor mensal recebido. Pois quando todos os fatores que citei estão sendo observados, essa mídia funciona como uma mola propulsora de atração de vendas.

Smart Shopping

Ainda temos dentro das contas de Google Ads o Shopping padrão. Esse logo será descontinuado. O Smart Shopping é 1.000 vezes melhor.

Mas a questão que identifiquei pela experiência é que esse modelo de campanha encontra seu público-alvo não apenas pelos produtos que estão no feed de dados e sim pelas informações que estão nas descrições dos produtos no site.

O Smart Shopping busca relacionar seus anúncios com os interesses das pessoas. Sendo assim, se o título do seu produto dá margem para outros tipos de buscas que não lhe interessam, isso pode se tornar um problema na sua conta.

Exemplo: Você vende uma marca específica de tapete. Seu anúncio, nesse caso, vai aparecer para outras pesquisas relacionadas a tapetes além da marca que você vende. Inclusive para pessoas que buscam inspiração para decorar sua casa.

Isso, pode não ser positivo para você no momento. Pois você deseja atrair somente o público relacionado a marca que você vende.

Então, a partir disso terá que entender seus resultados para identificar se o Google Shopping é para seu negócio.

Postagens Recentes