O que é CTR e qual sua importância?

CTR =  Click Through Rate ou Taxa de clique.

É, sem dúvida, uma das principais métricas do sistema do Google Adwords.

O que é CTR?

É o resultado em percentual da divisão entre o número de cliques e impressões.

CTR = Cliques/Impressões.

Se você tem uma palavra-chave com 30 cliques e 3000 impressões sua CTR é de 1%.
30/3000= 1%

Tá, mas o que eu faço com isso?

Essa métrica apresenta a qualidade de suas palavras-chave e seus anúncios. Vejamos.
Índices baixos de CTR demonstram que os usuários:

a) Não estão vendo seus anúncios quando fazem uma pesquisa e por isso não clicam sobre ele. Analise: Se seus anúncios estão saindo no rodapé ou na segunda página do Google, ele pode até ter uma excelente redação, mas se os usuários não vem, não clicam.
b) E quando encontram seus anúncios em boas posições não se sentem atraídos pelo conteúdo dele, muito provavelmente por esse não se afinizar com sua busca e por isso o ignoram. Ou porque gostaram mais dos anúncios de seus competidores. Aqui seus anúncios podem estar sendo impressos para a pessoa errada.
Observe então que você tem um problema aí de qualidade. Seja de posição no leilão de anúncios, seja de redação do anúncio. Precisa resolver isso.

A CTR é um componente do índice de qualidade. Se ela é baixa, o índice também é afetado comprometendo todo o resultado da campanha.

Como sei que meu índice de CTR está alto ou baixo?

  1. Certamente o que vai definir o alto ou baixo é seu segmento de mercado mais sua experiência com campanhas no adwords.
    Quando gerenciamos continuamente campanhas vamos adquirindo parâmetros de análise que nos ajudam a interpretar esses dados.
    A sua experiência conta.
    Existe um cenário micro e macro a ser observado. Então, você vai analisar as campanhas em si e as analisará inseridas num contexto mercadológico.
    Existem campanha que identifico que uma CTR de 2% está baixa. Contudo, para outro cliente, essa pode ser uma CTR alta.
    Existem segmentos mais difíceis de se trabalhar no Google outros mais fáceis. Isso conta.
    Faça os acertos e verifique os resultados. Por exemplo:
    a) Você possui uma palavra-chave com CTR de 1,5%. Será que isso é bom ou é ruim? Analise a posição dessa palavra-chave. Quando ela é acionada, em qual posição o anúncio desse grupo está. Se você encontra uma posição 4,5, signifca que o anúncio está saindo no rodapé da página do Google e isso está comprometendo o valor de sua CTR. Experimente alguma ação que faça esse anúncio subir de posição. Uma saída é tentar um lance de CPC maior. Teste por 3 dias e valide se a CTR começa a melhorar.
    A partir dessa experiência você começará a formar um julgamento. Pois pode haver melhora ou pode não haver. Mas você vai eliminando as hipóteses e buscando soluções.

Search x Display

Sempre ao analisar as CTR’s separe o modelo de campanha. A performance de Search não será a mesma de Display. Visto que essa última tem um objetivo muito mais de impressão/visualização do que cliques.

Em Display podemos encontrar CTR de 0,50% e a campanha estar cumprindo seu papel.

Mas é CTR é tão importante assim do jeito que você está falando Jane?

Sim. É. Ponto.
Palavras-chaves com CTR baixa encarecem a conta. Muitas vezes o lance para uma keyword é maior quando a CTR é baixa. Quem delimita isso é o próprio sistema do Adwords que compara sua campanha com seus competidores e daí traz esse comparativo sinalizando que sua campanha poderia estar melhor. E muitas vezes o preço que se paga é o aumento de CPC e uma posição de anúncio inferior em relação à de seus concorrentes.

CTR mais equilibradas tornam uma campanha de publicidade no Google mais estáveis do ponto de vista de CPC e posição de anúncio. Assim sua campanha não oscilará tanto com a entrada de novos competidores.

E para melhorar isso aí?

Sugestões que lhe ajudarão:
a) Faça testes com lances de CPC e acompanhe.
b) Analise a redação dos anúncios, principalmente os títulos e acompanhe.
c) Torne seus grupos de anúncios relevantes. Palavras-chave e anúncios precisam ser correspondentes e acompanhe.
d) Use e abuse das extensões de anúncios. O Google adora elas e acompanhe.
e) Entenda de correspondência de palavras-chave aplicando com critério e acompanhe.
f) Estude as buscas de seu segmento de mercado. Algumas buscas não terão CTR acima de 2% e isso é saudável. É o segmento que determina.

Acompanhe

Não faça alterações em sua campanha de manhã e à noite ou todos os dias sobre as mesmas configurações. Dê um tempo para a análise de dados e daí altere. Dê 3 dias inteiros por exemplo. Isso ajuda o sistema do Adwords a trabalhar por sua conta.

 

Leave a Comment